Anatomia do amor ou Férias no mundo

Grey’s Anatomy não é meu seriado predileto, mas é o que parece mais real, mais palpável no sentido de relações interpessoais, e um dos que me deixa mais triste Além de ser uma série sobre médicos e suas rotinas, trata também dos dramas amorosos desses profissionais.

Uma das relações amorosas que mais me marca no seriado é a de Calliope com Arizona. Parecem nomes de deuses ou semi-deuses gregos, mas na verdade são duas médicas, uma ortopedista e uma pediatra, respectivamente. As duas tinham uma relação muito bonita, até que Callie resolveu que queria ter filhos. Arizona acabou terminando o relacionamento pois apesar de ser pediatra não estava em seus planos parar sua vida e cuidar de crianças. Após um tempo separadas e uma história muito traumática no meio do caminho, Arizona muda de ideia e as duas reatam. Alguns meses depois Arizona recebe um convite para trabalhar na África e decide, após uma crise conjugal, que quer ir sozinha, abandonando Callie no aeroporto.  Quem assiste ao seriado de repente deveria parar por aqui, se eu não tiver estragado as surpresas talvez esteja prestes a fazê-lo.

No ultimo episódio que eu assisti as duas reataram. Arizona voltou da África arrependida e aceitou criar o filho que agora a Callie está esperando de um médico amigo delas. Confuso, não, mas a vida é assim. As duas voltaram a morar juntas e pelo visto agora as coisas vão dar certo. Fiquei tão feliz por elas, eu sempre acreditei no relacionamento, doentio, sim, porque é ficção, mas se as coisas deram certo para elas porque não podem funcionar para mim? Ai ai…

Voltando ao mundo real, estou muito empolgado e com planos adiantados para meus passeios de final de maio e início de junho desse ano. Estou trabalhando com a seguinte ideia: passar alguns dias na Franças com meu amigo Erik e seu namorado, em seguida pegar um avião para Nova York, de lá ir para Boston e assistir a apresentação do elenco de Glee.  Em junho será verão nos Estados Unidos e eu finalmente poderei passear por Boston sem aquele vento de matar ou neve até o joelho.

Agora a noite eu e minha mãe fomos convidados para comer pastel na casa do meu irmão e minha cunhada, nós fomos mas ela esqueceu que havia nos convidado, foi engraçado. Não teve pastel, acabei assistindo Grey’s Anatomy na casa deles enquanto brincava um pouco com minha afilhada, Izzy. Ela está muito fofa, crescendo rápido, inteligente, bem humorada. Dá vontade de mordê-la.

Estou com a cabeça cheia de planos. Quem sabe eu não aprendo a cantar e quando for assistir ao show de Glee eles não me contratam? Ah, os atores que interpretam adolescentes não devem ser tão mais jovens que eu, posso fazer o papel de um latino repetente, problemático.  Seria um sucesso. LOL

Time to go to bed.

Sleep in peace, Earth!Sleep in peace!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s