Happiness for a day or 2, please!

É, talvez o final feliz seja mesmo só seguir em frente. Ser feliz é algo muito difícil de definir e um estado complicado de ser avaliado. Parece com o conceito de saúde da OMS, sempre incompleto, acho até que felicidade e saúde vão acabar virando sinônimos. Ninguém é feliz ou saudável o tempo todo em todos os sentidos e quando se está feliz geralmente estamos deixando de lado alguma coisa em nossas vidas que não vai tão bem, mas que não é relevante naquele momento. Ufa. Filosofei, ou tentei. Tenho andado muito com amigos que estão passando por mudanças profundas em suas vidas ou em processo de grandes mudanças e fico o tempo todo pensando nisso. Ser feliz é o que todos queremos, cada um buscando isso de uma maneira, em lugares diferentes.

Eu não sou uma pessoa feliz. Fato. Então nem seguir em frente eu consigo! Tenho um novo amigo, Eric, francês, vive hoje na Nova Caledônia, namora há séculos com o mesmo rapaz e tem uma vida muito interessante. Conversamos muito, em inglês, e acho que as nuanças que perdemos pelo inglês não ser nossa língua pátria, nem a minha nem a dele, nos faz ter uma comunicação por vezes deficiente. Ele acha que eu sou muito feliz e que o meu jeito de levar a vida é interessante. Ledo engano. Ele e outras pessoas próximas confundem o potencial que eu tenho de ser feliz com o fato de eu ser ou não feliz.

No meu local de trabalho noto que as pessoas acham que eu tenho uma vida mágica, cheia de tudo que um ser humano pode pedir de bom. Quando reclamo com alguém disso ou daquilo todos me olham com aquela cara de não-reclame-de-coisas-tão-bobas-porque-sua-vida-já-é-muito-boa. Na minha casa não é diferente, meus pais e irmãos me veem como modelo de pessoa realizada e satisfeita na maior parte do tempo. Mesmo quando estou deprimido e fico dias direto trancado no quarto o comentário deles é sempre algo do tipo “Ah, você é maior que isso”. Parem de achar que sou assim!

Tudo é questão de imagem. Meu Facebook está cheio de fotos minhas sorrindo, meu Orkut não é diferente. Só agora com o blog eu estou expondo o lado negro da força que me move. Não coloco fotos no Facebook de momentos quando estou deprimido, com crises de ansiedade, com medo, com raiva, desesperado. E porque eu as colocaria? Não me fazem sentir bem e elas até poderiam fazer quem visita meus perfis acreditar que eu não sou tão feliz, mas acredito que esses perfis não são bem para isso, são apenas para aumentar minhas chances de ser feliz. Ou não? Quando estou mal me trance dentro de mim e quando deixo alguém se aproximar uso máscaras de felicidade que não me pertencem. Volto ao ponto onde tenho de aprender a me expressar. Objetivo desse blog.

E se eu não sou feliz eu nunca serei capaz de fazer alguém feliz. Será? Eu acho que eu posso ser mais feliz e estou fazendo por onde, mas nesse ponto da minha vida acho que estou meio que anulado para me relacionar com outras pessoas. Eu me preocupo muito com o bem estar dos outros, sempre me preocupei com o bem estar de meu ex quando estávamos juntos, mas não sinto que o fazia feliz. Eu não sinto que faço meus amigos felizes. Sério. Nossa, estou ficando mais deprimido com isso tudo. Mas tenho que por pra fora meus sintimentos, senão explodo.

Hoje tenho terapia e ao contrario de todos os outros dias tenho muito assunto novo para discutir com minha terapeuta. Nos últimos 3 meses ela só tem me ouvido falar de namoro, meus defeitos, minhas dificuldades. Hoje ela vai me ouvir falando de felicidade. Queria que ela lesse meu blog, mas ainda não tive coragem de passar o endereço. É diferente o que falo com ela, o que escrevo aqui ou o que falo com amigos e tal. Mas acho que tem de ser mesmo e ela não precisa me analisar tanto assim, acho que ela nunca vai saber do blog.

Mais uma longa semana se inicia, espero que todos nós sejamos produtivos e consigamos um pouco de felicidade, pelo menos. Agora eu vou escovar o cachorro.

 

PS: Só para constar, a Wikipedia diz que a felicidade é uma gama de emoções ou sentimentos que vai desde o contentamento ou satisfação até a alegria intensa ou júbilo. A felicidade tem ainda o significado de bem-estar ou paz interna. O oposto da felicidade é a tristeza.

PS2: Trecho de uma música da Macy Gray, Happiness:

Happiness for a day or 2, that’s my limit I’m a junkie how
‘bout you? Someday I’m gonna blow and when I do, happiness
for a day or 2.

Quem quiser ouvir : http://www.jango.com/music/Macy+Gray?l=0

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s