Continue a viajar, continue a viajar

Viajar é muito bom, mas reunir-se com os amigos numa roda de bar e rir ao relembrar das viagens, pode ser melhor ainda. Foi o que fiz sexta a noite. Há quase um ano fui para a Europa com amigos de trabalho e tive uma experiência singular. Na época eu não era íntimo de nenhum deles e voltei de lá com verdadeiros irmãos. Exatamente o contrário do que ocorreu quando fui a Europa pela primeira vez, com um grande amigo com quem hoje nem tenho mais contato.

Adoro planejar as coisas, mas sou um péssimo líder. Deixei isso bem claro para nosso grupo antes de viajarmos. Eu tracei roteiros, sugeri cidades, meios de transporte, acomodações, passeios e tudo mais, mas não gosto de me sentir o responsável pelo divertimento dos outros. Tenho um problema em assumir responsabilidades em geral, minha terapeuta já sabe disso. Éramos três homens e três mulheres, sendo que havia um casal entre nós. Dois médicos, três enfermeiros e um engenheiro.

Passamos pelas principais capitais, visitamos museus, igrejas, palácios, cabarés, teatros; maravilhamo-nos e nos decepcionamos. Andamos de tram, trem, metrô, barco, ônibus, a pé, de avião e acabamos voltando pro Brasil. Ouvimos espanhol, francês, dutch, catalão, tcheco, italiano; não entendemos quase nada e levamos muita patada. Deitamos na grama, caímos no colo de estranhos dentro de trens, nos arrastamos por diversas estações com mochilas enormes e pesadas. Nos intoxicamos com fast food pelo menos uma vez ao dia, comemos tiramisu, pizza italiana, chupamos pirulito de maconha e bebemos muito, muito vinho. Eu vi O Rei Leão em francês, eles foram ao Moulin Rouge. Eu e Manoelly fomos a Eurodisney e tiramos fotos com o Sully. Andamos ilegalmente em metrôs de Paris e em vaporetos em Veneza. Assistimos a apresentação de uma filarmônica em Praga dentro de um museu assentados nas escadarias seculares e fizemos áudio-tour no parlamento alemão. Compramos perfumes e relógios de grife nas Galerias Lafaiete em Paris e malas Louis Vitton falsificadas na mão de imigrantes ilegais em Roma. Ufa. Foi muita coisa em um espaço curto de tempo e dinheiro.

Voltamos aos poucos, uma parte do grupo nos deixou bem no meio da viagem, por causa do vulcão islandês e também de agenda de trabalho. Mas na verdade acho que nenhum de nós voltou de lá por completo, um pouquinho de todos ficou, espalhado pelo velho continente. Eu e Lizaura rimos muito nos lembrando do passeio, tomando cerveja, caipirinha e suco de manga, num bar chamado Piratas, pertinho da casa dela. Ela é mais desastrada do que eu, coisa rara nessa galáxia, e ela ri de si mesma com muito gosto. Adoro a Lizaura e um dia vou escrever só sobre ela.

As outras pessoas que viajaram conosco, Lilian e Fabiano, o casal, Manoelly e Bruno também mexeram comigo, fiquei mais próximo do Bruno e da Manu. A Lilian e Fabiano nós não conhecíamos, só a Lizaura já tinha tido contato com Lilian, que se uniu ao grupo porque sua mãe, que trabalha no mesmo posto de saúde que os outros mochileiros, comentou com ela que uma turma estava indo pra Europa, Lilian perguntou se podia e junto e nós a aceitamos. Como casal eles ficaram amais separados um pouco, mas tivemos uma boa interação.

Quero mais! Quero ir com uma turma animada assim pro leste europeu, Turquia, Rússia, Polônia. Quem sabe no final do ano. Voltamos diferentes de toda viagem, eu sei disso, e com eles a diferença foi muito boa. Eles são simples que nem eu, se divertem com tudo e se cansam com as mesmas coisas que eu. Bom demais. Esse ano está tumultuado: tenho convites pro Canadá, NYC, Argentina, Peru e Oceania. Não sei ainda o que farei, tem ainda o lançe da licença sem vencimento que estou aguardando.

Tenho outro texto para publicar, domingo tá acabando… Vamos ver o que faço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s